Produtos

Produtos

Três Reis Magos

Oração:

Ó Deus todo poderoso, que nos doastes o teu filho amado, Jesus Cristo, único Senhor e Salvador de toda a humanidade. Nós vos louvamos, vos glorificamos e vos adoramos porque nos encaminhardes ao encontro com teu Filho, através de sinais da tua maravilhosa criação.

Guiastes, através da estrela, homens do Oriente, de terras longínquas, durante uma longa caminhada para o encontro adorador ao menino que nasceu em Belém e foi reclinado numa manjedoura. Concedei-nos, ó Deus, a graça de enxergar vossos sinais em nossa vida e seguir o exemplo de Santos Reis implorando a sua intercessão a fim de que possamos realizar o vosso desígnio amoroso, acolhendo em nosso coração o menino que nasceu na simplicidade e na humildade da gruta de Belém.

Dai-nos, ó Deus, a perseverança daqueles cuja tradição nos ensina a chama-los de Gaspar, Baltasar e Belchior, que solícitos, determinados, disponíveis com o coração cheio de esperança, empreenderam a grande viagem rumo ao lugar para onde a estrela os guiava, superando dificuldades, obstáculos, o sol causticante, o deserto cheio de perigos, a fome e a sede, tempestades e vendavais, sem jamais desanimar.

Ó queridos Santos Reis: Gaspar, Baltasar e Belchior, a palavra de Deus nos ensina que a reaparição da estrela, sinal de Deus na vossa caminhada, encheu-vos o coração de uma grande alegria. Ao chegar no lugar onde estava o menino, prostrastes diante Dele e o adorastes oferecendo-lhe como presentes o que de melhor trouxestes de vossas terras.
Obrigado, Santos Reis, pois tanto nos ensinastes, através do gesto de reconhecimento de que o menino da manjedoura é o Rei do universo, é o Divino e é o Redentor. Ofereceste-lhe ouro: o menino é Rei. Ofereceste-lhe incenso: o menino é Divino. Ofereceste-lhe mirra: o menino é Redentor.

Queridos Santos Reis! Intercedei por nós para que possamos ser verdadeiros adoradores do menino da manjedoura de Belém e podermos ofertar-lhe o bem mais precioso que recebemos do Pai Eterno: a vida. Amém!
(publicado por Padre Reginaldo Cordeiro de Lima)

Conheça nossas velas tradicionais